Violência


Tema complexo! Apesar das incertezas que rondam os profissionais do magistério sobre que posição tomar no âmbito da educação, as escolas precisam possibilitar a discussão e o estudo sobre a violência. Mesmo com certo desconforto isso precisa acontecer. Lidamos com crianças, jovens e adultos que podem vivenciar situações de violência, os quais temem falar delas. O medo não pode vencer. A discussão coletiva pode apontar caminhos junto a família e órgãos parceiros. Que fazer? Ser solidário, integrar um projeto transformador em prol da paz na vida dos infantes, jovens e adultos.

Robélia Aragão

Anúncios