Como tenho aprendido…


Aprendi que as pessoas lhe tratam conforme a natureza de seus interesses;
Aprendi que as pessoas validam suas experiências quando estas as beneficiam;
Aprendi que as pessoas devem interesses meramente individualistas, ainda que uma coletividade seja afetada;
Aprendi que as pessoas julgam os seus atos, mas não têm a coragem de agir quando têm necessidade de liderar;
Aprendi que as pessoas não entendem a relevância do rigor em espaços e tempos educacionais.
Aprendi que as pessoas têm mania de querer ser bem tratado não pelo bom desempenho de suas atribuições, mas pelo “pucha -saquismo.”
Aprendi que as pessoas querem determinadas coisas, vivenciar determinadas situações, mas quando estas não atendem as suas expectativas deflagram conflitos;
Aprendi que as pessoas validam mais o fato de ganhar mais em detrimento dos que ganham menos;
Aprendi que as pessoas que não buscam se apropriar de conhecimentos mais largos acerca da profissão, tendem a não acompanhar a evolução da área e a dificultar a vida dos que buscaram ampliar os horizontes;
Aprendi que as pessoas que questionam a minha vida, em sua totalidade, precisam aprender a olhar as atitudes, pois estas diferem, a depender da situação;
Aprendi que as pessoas que nem sempre me compreenderão, mas sempre estarão aptas a atacar;
Aprendi que as pessoas precisam entender que atingir uma fase da minha vida, na qual seleciono para minha melhoria humana, fatos e comentários que apenas me eleve;
Aprendi que enquanto pessoa, como tantas outras citadas, posso cometer erros e falhas;
Aprendi que eu e as pessoas precisam ter mais serenidade e sabedoria para ser, conviver, ter…neste universo, onde muitas apenas exalam maldades;
Aprendi que eu…não sou insubstituível, mas nenhum outro ser humano será EU e vivenciará as minhas peculiares SENSAÇÕES.
Aprendi que EU…CONTINUO APRENDENDO.

Robélia Aragão.

Anúncios