Amo Ler… Amo Escrever!


coruja_lendo

Gostar de ler…Amo! Desde cedo fui à fonte das letras para enriquecer minha alma com cousas boas, letras dançantes, olhares deslizantes por páginas e páginas de livros, não importava o tipo. Eram poucos, leituras repetitivas, mas que pareciam singulares. Isto na infância. Sem muito acesso a livros, procurava ler tudo que encontrava (na maioria das vezes didáticos) para não ficar sem contato com a leitura. Na fase da adolescência, muitas das vezes, ficava sem merendar para o dinheirinho guardar; queria economizar para paradidáticos e revistas comprar. Sem muito dinheiro, sem poder elitizado, restou a menina da roça buscar sua sobrevivência no universo da escola, dos muros rompidos pelas leituras de livros e de mundo. A escrita registrou traços da minha vida, presentes nas modificações das assinaturas/das letras, memorizou fragmentos  de experiências, fortalecendo minha vida e gerando respeito. Quando se é pobre, de família simples…o que deve ser validade é a leitura e a escrita, elementos que abrem e abriram portas para a sobrevivência. Amo ler! Amo Escrever! Estes atos vivificam minha alma e coração. 

Robélia Aragão

Anúncios