Triste: Muito triste!


Estamos fracassando cada vez mais! Estamos perdendo para a intolerância nas relações, onde a escuta respeitosa tem sido refutada. Que triste! Pessoas sendo mortas por conta de concepções preconceituosas, por conta de radicalismos religioso e político. Que triste! Muito triste! Isto acontece todos os dias, a diferença é que uma situação se destacou pela quantidade de pessoas e propagações das mídias. Mas quantos morrem diariamente em nosso país?Quantos atos intolerantes não são alimentados quotidianamente nos seios familiares e escolares? Quantas propostas para tratar seriamente das questões de intolerância religiosa, de gênero…estão sendo repudiadas por instituições que deveriam defender a todos e todas? Quantas políticas educacionias foram analisadas superficialmente e reprovadas, a exemplo dos Planos Municipais de Educação? O respeito ao outro, ao diferente…não significa impor opiniões e/ou concepções. O respeito ao outro em suas diferenças significa a prática do Mandamento: Amei ao outro como a ti mesmo! Ame! Diga não a intolerância!

Robélia Aragão

Anúncios

Um comentário sobre “Triste: Muito triste!

Os comentários estão desativados.