Insonia: esperando o amanhecer.


Depois de um longo dia de trabalho…Em casa, tomei banho, jantei…deite-me. Revirava de um lado para outro. O sono continuava distante.Fechei os olhos. Nada. Rezei. Nada. O jeito foi levantar. Liguei o computador e fui pesquisar alguns assuntos na internet para que o entretenimento me fizesse relaxar. Li poemas, textos jornalísticos…assisti pequenos vídeos…Não  há dúvida, permaneço noturna. Altas horas, o sono foi chegando devagarinho.Corpo e mente cansados. Deitei-me. Cobertas aqueceram meu corpo.Relaxei.Sonhei que logo pela manhã, abriria os meus olhos, viria o sol lindo…Acordei.Viva. Graças a Deus.

Ande devagar!


Foi num feriadão de São João quando partimos para o interior. Lucinda estava sentada ao lado de seu esposo José. Ela virou a cabeça para ele e demorou fixando-o, exibindo a ansiedade e angústia em seus grandes olhos castanhos. Respirou fundo e disse firmemente:

_ Quero chegar viva na casa da mamãe, por isso não corra!

Ele permaneceu calado por um bom tempo. Porém o carro continuava em alta velocidade.

_ Já pedi para não correr! – fala alto a amulher.

Segurando o volante e com o olhar fixo na estrada, ele gritou irritado;

_ Quem é o motorista aqui! Sou EU!Sei muito em que velocidade andar.

_ Não parece! –  retrocou a mulher.e

Ultrapassou um outro véículo. O barulho do motor concorria com os batimentos cardíacos da passageira. De repente, o carro foi lançado contra uma  árvore.

_ Meu Deus! – falou ofegante o motorista.

_ Eu disse para você ir devagar. Você não me escuta!

_ Estamos vivos!

Por pouco não tivemos um acidente mais grave. São João abençoou os envolvidos.

Narrativa – Robélia Aragão

Ivete Sangalo, a melhor cantora do Brasil.


Musa da Bahia

Sua voz é um encanto

Carismática e envolvente

Ivete…

Ivetinha…

Ivetão…

Inegavelmente você é um furação.

 

Curtindo o carnaval em casa

ligo a TV somente para lhe vê e

ouvi sua voz encantadora

que adentra os meus ouvidos atiçando meu coração.

Ivete…

Ivetinha…

Ivetão!

Você mora em meu coração.

 

Sua naturalidade e simplicidade

aproximam o folião

e arrasta multidão.

Sua memória e inteligência emocional

permitem o diálogo com o público de modo não convencional.

 

Brinca,

explode de alegria

apresenta convidados sem perder o posto de rainha.

Seu talento e confiança

geram admiração do adulto, do jovem  e da criança.

Para muitos…

mulher de sucesso

Para outros…

mulher da alegria.

Tudo se resume em mulher da harmonia.

Ivete…

Ivetinha…

Ivetão!

Você é o símbolo do carnaval

verdadeira musa do verão.

Sou sua fã

sua admiradora…

Enfim, do Brasil, você é a melhor cantora.

 

Robélia Aragão

Mulher: sexo frágil?!


Quando a  mulher é sexo frágil?

Difícil dizer…

A mulher faz várias coisas ao mesmo tempo

Cuida dos filhos

Cuida da carreira.

Quando algo não está bem…

Surge para apoiar , inclusive os homens,

Muitas delas sustentam as famílias

São independentes!!!

Todavia, os homens não podem esquecer que elas precisam de carinho, afeto  e atenção.

O que custa ser cavalheiro?!

Mulher gosta de receber flores, de ser supreendida com o café da manhã…

Ser “sexo forte”,  não significa ser insensível.

Ser “sexo frágil”, não significa ser boba.

O equilíbrio cristalizará:

Ser mulher é…

ser vencedora!

Ser mulher é o máximo!

Robélia Aragão

Mulher…Felicidade…


 

Mulheres modernas vivem numa correria.

Exercem inúmeros papéis:

Mães…

 Profissionais…

Fusão de atuações  que as  tornam mais fortes e  fiéis.

O que há em comum…

 é que não importam se são negras, se são louras, se são morenas…

 todas batalham para sobreviver neste universo competitivo recheado de cobranças e preconceitos.

Elas, gradativamente, têm registrado a sua presença em todas as esferas com muita luta e humildade.

Não se intimidam frente às dificuldades.

Superam obstáculos com muita serenidade.

Elas merecem ser lembradas a cada dia,

pois geram seres humanos permitindo a manutenção da espécie.

Deus, abençõe cada mulher deste imenso país,

pois como não tenho poder para isso,

resta-me, apenas, ofertar um “buquê” de rosas vermelhas

 sinônimo do amor e da paixão.

Afinal, que não tem uma mulher dentro do coração?!

Feliz Dia da Mulher!

Robélia Aragão