NOVA SOURE – BA …1º DE JUNHO…



Cidade do interior
Povo acolhedor
Temos que agradecer aos novassourenses que a defendem com louvor
Inserida na região do semiárido
A seca vem sempre nos visitar
Todavia, se defronta com muitos que teimar em prosperar.
Afinal, próspero é quem tem identidade,
quem acredita em sua própria verdade.

Novassourense de coração
Defende a sua terra com paixão.
Sabe das dificuldades
Mas elege os aspectos positivos como prioridade.

Em 1º de junho
Data de aniversário da emancipação política de nosso município
Temos muito que refletir
Estamos como “ser humano” envelhecendo
Mas não podemos deixar a desesperança nos impregnar.

Acreditamos no nosso Deus
na nossa gente
na força do sertanejo
e no futuro preeminente.

Parabéns Natuba,
Parabéns Nova Soure!
A chama acesa das suas velas de aniversário
Reacende pela fé dos cidadãos que deseja o melhor para ti.

(Robélia Aragão)

Em Nova Soure…


Em Nova Soure – Bahia

Município interiorano

Pequeno

Pobre

Carente

Pessoas residem

Advindas da multiculturaliade

Descendem de índios, portugueses, espanhóis, negros…

Semelhança com o gigantesco país chamado Brasil.

Afinal, integramos o mesmo.

Neste município

O povo vive com fé, com esperança de um futuro melhor

Tropeçam em algumas apostas.

Dão largada em outras.

Precisam de muito

Pois poucos tem.

Mas alguns não não desistem

Persistem…

Salvaguardado a identidade novassourense.

 

Robélia Aragão

 

Nova… Soure…


Cidade do interior

pequena, simples e repleta de pessoas cheias de fervor.

 

No século XVIII,

 os padres da Companhia de Jesus que por aqui passaram

descobriram uma aldeia de índios Quriris

 à margem de um afluente do rio Itapicuru

Marcas dessa história  ficaram

 

Surgira a Natuba

Na verdade Nossa Senhora da Conceição da Natuba.

Catequese, religião, edificações, convetos, capelas

Surgi Soure, a bela.

 

Reivindicações surgiram

Soure…esse nome não fora registrado.

Apresentam Nova Soure,

município emancipado.

 

1º de junho de 1944,

 o benfeitor Monsenhor Antônio da Costa Gaitto

recuperou a condição de município

Data em que comemoramos a emancipação política da cidade.

 

A partir, de então, temos uma verdadeira cidade

com pontos positivos e negativos.

Complexa em suas características

sociais, econômicas e culturais.

 

O povo não desanima

luta, brinca e brilha.

O povo prefere acreditar

no espírito da persistência

valorizando a resitência do verbo:

acreditar!

Robélia Aragão